LOADING...
Print

Mindful@escolaglobal

O projeto Mindful@escolaglobal pretende Introduzir práticas de mindfulness na rotina da sala de aula, dando ferramentas a alunos e professores para criar na sala de aula um ambiente propício à aprendizagem. Mindfulness ou atenção plena é a nossa capacidade de estar no momento presente com curiosidade, aceitação e sem julgamentos. Esta prática ajuda-nos a lidar de forma mais presente com os desafios do dia-a-dia, como o stress, ansiedade e emoções negativas que interferem com o nosso bem-estar.

Em todo o mundo, há já mais de 300 mil crianças e adolescentes a beneficiar destas práticas em ambiente escolar (fonte: www.mindfulschools.org). O Mindfulness é utilizado desde a década de 70 como prática terapêutica em diversos contextos (saúde, empresas, educação) e tem demonstrado resultados comprovados no aumento do bem-estar físico e psicológico. A investigação em neurociência comprova a utilidade da utilização deste tipo de abordagens na  Educação. Quantas vezes um professor pede aos alunos para prestar atenção?

Nas sessões de mindfulness na sala de aula, os estudantes treinam o seu “músculo da atenção”: ouvir um som até ao fim; prestar atenção às sensações do corpo; reparar como se está a sentir agora, etc. Ao longo do projeto, estas práticas vão sendo interiorizadas e integradas no dia-a-dia das crianças/adolescentes, dando-lhes uma maior consciência do seu foco, dos seus padrões de pensamento e uma maior presença nas situações que vive no agora.

A prática de mindfulness contribui também para reduzir os níveis de stress e melhorar a capacidade de regulação emocional. Reduzir o stress na escola é fundamental para criar um ambiente favorável à aprendizagem. Se o aluno está nervoso ou agitado, o seu cérebro não pode aprender novos conteúdos nem aceder à informação que já tem armazenada. Entra em modo automático, reagindo às situações de forma impulsiva. Com a prática de mindfulness, perante situação desafiante, o estudante, em vez de meramente reagir, responderá de forma consciente. Abre-se o caminho para uma maior integração da experiência interna e externa.

O Projeto Mind@escolaglobal trabalha também valores como a generosidade e a gratidão. Estudos revelam que este tipo de práticas contribui para o nosso bem-estar e felicidade bem como para o daqueles que nos rodeiam. São, sem dúvida, ingredientes indispensáveis para pessoas mais empáticas, presentes e cooperantes.

OBJETIVOS
– Incluir nas rotinas escolares práticas que permitem simultaneamente desenvolver as capacidades de: foco e atenção; regulação emocional; compaixão e empatia; relaxamento e bem-estar;
– Reduzir o stress em ambiente escolar e melhorar a performance em situações de exame.

CONTEÚDOS
– Apoiar a turma no estabelecimento de práticas de mindfulness no seu dia-a-dia;
– Conhecer como funciona o nosso cérebro e a nossa capacidade de foco e atenção;
– Práticas de mindfulness centradas na respiração, corpo, emoções, pensamentos, bondade e gratidão.

CRONOGRAMA
– Início de setembro: formação a todos os professores.
– Sessões presenciais com os alunos: primeiro período; follow-ups nos restantes períodos.
– Turmas envolvidas nas sessões presenciais (a confirmar): 5 anos; 4.º ano; 6.º e 9.º anos; 11.º e 12.º anos (sessões em inglês).

PARCEIRO
Ser Integral: Centro Português de Mindfulness
Formadora: Filipa Soares
– Psicóloga pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto (2003)
– Formação Mindfulness para Crianças e Jovens pelo Mindful in Schools Project (UK), Mindful Schools (USA), Susan Keiser Greenland (USA) e Gina Biegel (USA) (2014-2017)
– Formação pessoal em Mindfulness com Saki Santorelli e Florence Meyers: Mind & Body Medicine (Centro de Mindfulness da Universidade de Massachusetts, USA)